Artemis com nova instalação do EndeavourOS ARM (anúncio ARM)

Publicação original de @Bryanpwo aqui.

Tal como a missão Artemis, da NASA, será voltar à Lua e também lançar as bases para as futuras missões (a Marte), o lançamento da Artemis do EndeavourOS estabelece bases para o futuro do EndeavourOS ARM.

A Artemis é o primeiro lançamento que inclui uma funcionalidade integrada para a primeira fase de uma instalação em duas etapas do EndeavourOS ARM num SD ou SSD para o seu dispositivo ARM.

Odroid N2/N2+ e Raspberry PI

Aquando do lançamento da Apollo, o membro da comunidade Sravan começou a ser pioneiro nas opções do instalador ARM para o tornar mais fácil de utilizar e para que os utilizadores do EndeavourOS x86_64 ficassem mais curiosos em descobrir o ARM. As suas ideias, e também a ajuda para melhorar o método de instalação ARM existente, levaram Pudge, o nosso principal desenvolvedor de ARM, a adicioná-lo à equipa.

Isto resultou na introdução do Calamares no processo de instalação em ARM e numa opção de instalação integrada na aplicação Welcome da ISO principal.

O método requer dois passos fáceis, o primeiro dos quais é a instalação base que utiliza um script automatizado fácil de usar no terminal, e o segundo passo utiliza o instalador Calamares para instalar a localização, teclado, DE/WM e nome de utilizador/computador e palavra-passe.

O novo instalador ainda está em fase beta, mas temos tido relatos bem-sucedidos de instalações totalmente funcionais entre a nossa comunidade ARM.

Uma vez que ainda está em fase beta, de momento o instalador é compatível apenas o Odroid N2/N2+ e o Raspberry PI. A compatibilidade com outros dispositivos, como a família Pinebook e outros, está em preparação.

O Calamares não foi o único passo dado: tanto a equipa principal de desenvolvimento como a equipa ARM melhoraram a forma como os principais pacotes Endeavour (eos apps, DE e edições comunitárias) são actualizados para ambos os projectos. Assim, ambos os repositórios estão mais em sintonia a partir de agora.

Como disse anteriormente, este é o primeiro passo para aproximar o ARM e o projecto principal; o nosso próximo passo é deixar o Calamares também tratar da instalação base para uma experiência de instalação feita inteiramente por GUI (interface gráfico do utilizador).

A instalação

O novo método consiste em duas etapas: a primeira etapa é tratada por uma opção de instalação na aplicação Welcome da ISO Artemis.

Basta lançar a ISO numa máquina x86_64, inserir um cartão SD ou ligar à máquina um SSD destinado ao seu dispositivo ARM. Depois, com um clique no botão de instalação ARM, o terminal abrirá e preparará a instalação base num par de passos fáceis de seguir, seleccionando o dispositivo certo e particionando o cartão/SSD. Após esses passos, começará a descarregar uma imagem de 1,5 GB e completará a instalação da base no dispositivo de armazenamento.

Calamares

Após a conclusão da primeira etapa, a plataforma de armazenamento ARM pode ser adicionada ao dispositivo ARM para levar a cabo a segunda e última etapa.

Um ambiente Openbox Live, com uma aplicação Welcome modificada, dá as opções para editar os espelhos, instalar os DEs oficiais e instalar as edições comunitárias, tal como a ISO regular disponibiliza para os sistemas x86_64.

A principal diferença é que as opções Calamares ARM concentram-se apenas na localização e selecção do teclado, as opções DE/WM e a configuração do nome de utilizador /computador e palavra-chave; a instalação base já foi feita no primeiro passo.

Após a instalação do DE/WM escolhido, o Calamares será apagado do dispositivo de armazenamento durante esse processo.

Outros dispositivos e lançamentos futuros

Como expliquei anteriormente, o novo instalador é uma versão beta e tem compatibilidade limitada de dispositivos por agora, mas vamos adicionar mais dispositivos no futuro. A equipa está actualmente a fazer uma chuva de ideias para adicionar o primeiro passo, a instalação base, também no instalador Calamares, pelo que apenas será necessário um passo para instalar em ARM.

O script semi-automatizado actual ainda está disponível para outros dispositivos não compatíveis com este método. Também simplificámos esse processo, ao torná-lo também uma instalação em duas etapas, a instalação base para o dispositivo específico e a instalação do EndeavourOS. O guia de instalação do EndeavourOS no Mac M1 em Parallels ainda funciona, também com o método de instalação do EndeavourOS.

Funcionalidades e Melhoria da instalação ARM

  • Calamares 3.2.60
  • Firefox 101.0.1
  • Linux kernel 5.18.5
  • Mesa 22.1.2
  • Xorg-Server 21.1.3
  • nvidia-dkms 515.48.07

Odroid N2/N2+

  • Adicionado sistema de ficheiros btrfs além de ext4
  • Usa o kernel Linux 5.18 do Archdroid. Obrigado, equipa Archdroid!!
  • Desempenho melhorado do Odroid N2+, por meio de um overclocking predefinido com recurso ao uboot do Archdroid
  • Suporte de som e compatibilidade btrfs activada, com a utilização de um pacote pós-instalação inspirado na equipa Manjaro ARM

Raspberry Pi

  • Actualização do config.txt
  • Havia um problema com o btrfs causado pela inclusão de subvolid no fstab antes. Causou dificuldades na restauração de snapshots. Agora o fstab não tem subvolido btrfs. Obrigado ao Dalto pela sua ajuda.

Geral

  • O Lightdm agora usa o gtk-greeter em vez do slock-greeter para o Gerenciador de Janelas, para uma experiência mais estável. Tem um novo tema personalizado.
  • As imagens ARM são agora comprimidas usando o método zstd para permitir uma experiência de descompressão rápida para os utilizadores
  • EOS Quickstart está novamente a trabalhar em ARM. Oferece uma selecção fácil de aplicações comuns e populares para começar.
  • O gestor de início de sessão do Sway mudou do ly para o SDDM

Podem descarregar a ISO aqui.

5 Likes