A edição Apollo aterrou

Publicação original de @Bryanpwo aqui: The Apollo release has landed


Por Rockwallaby

O tempo voa quando nos estamos a divertir, e isto foi definitivamente o caso do desenvolvimento desta edição, por isso, de certa forma, estou a pedir desculpa por uma espera mais longa do que prometemos inicialmente.

A equipa de desenvolvimento da ISO e a equipa de edições comunitárias têm trabalhado arduamente para melhorar a experiência de instalação do EndeavourOS para uma nova instalação de sistema. Talvez não fosse necessário dizer, mas uma vez instalado, o EndeavourOS continua a rolar, por isso os utilizadores que já usam o Endeavour não têm de instalar o Apollo.

Novas características


Por Rockwallaby

Esta edição tem algumas novidades na ISO e após a instalação. É grande o nosso entusiasmo por partilhá-las convosco.

Novas características e correcções na ISO:

  • Modificámos a confirmação de Internet para não depender do GitHub ou GitLab e evitar um erro de ligação à Internet em países onde o GitHub ou o GitLab estão bloqueados, e para tal usamos: internetCheckUrl: https://geoip.kde.org/v1/calamares
  • Uma correcção quando o Xfce4 e i3 são ambos seleccionados para instalação — Esta correcção resolve a questão dos pacotes duplamente instalados que causam conflitos durante a instalação do DE em combinação com o nosso i3.
  • As edições comunitárias são agora instaladas com o seu Gerenciador de Exibição (Display Manager) dedicado — Em vez de usar o LightDM + Slickgreeter por defeito, as edições comunitárias são agora instaladas com a melhor opção de DM para o gerenciador de janelas (Window Manager) escolhido. Os DM utilizados são: LightDM + Slick greeter, Lxdm, ly e GDM.
  • Opção DE e Selecção de pacotes numa ordem diferente — O Calamares agora permite ao utilizador escolher primeiro o Ambiente de Trabalho (Desktop Environment), antes de ir para a página de selecção de pacotes, para instalar outros pacotes como outro kernel, etc. Isto foi feito para fornecer uma melhor descrição de cada opção e evitar que o utilizador instale o sistema sem um DE com o instalador online.
  • Correcção do Firefox a ser instalado quando não é escolhido — Graças à comunidade, conseguimos resolver este problema.
  • Os ícones e o cursor do Qogir são utilizados em ambiente ao vivo (Live) e na instalação sem ligação (offline) do XFCE4* — Anteriormente, utilizávamos o tema de ícones Arc. O ícone Qogir e o tema do cursor também está disponível no nosso repo.
  • Novo botão de informação para instalação personalizada — O botão conduz a um manual para adicionar alguns scripts para uma instalação personalizada.
  • Módulos personalizados EOS reescritos para uma melhor integração do Calamares — Pacstrap e scripts mais limpos foram reescritos para uma experiência mais harmoniosa.
  • Ao utilizar um ficheiro user_pkglist personalizado, estes pacotes são agora exibidos na página netinstall para se poder confirmar o que vai ser instalado.
  • Botão de alternar log dentro do Calamares – Esta opção substituiu a janela do terminal que costumava abrir e ficar aberta atrás da janela do Calamares, para ler o progresso durante a instalação. Agora, ao clicar no botão de alternar log, a informação aparece dentro da janela do Calamares, a qual, quando desactivada a opção, normalmente mostra os slides.
  • Durante os processos de instalação online, é agora mostrado o estado abaixo da barra de progresso, para tornar claro o que está a acontecer.
  • O Bluetooth está activado no ambiente Ao Vivo — Agora pode verificar se o Bluetooth está a funcionar no seu equipamento se quiser correr o EndeavourOS. Contudo, após a instalação, o Bluetooth está desactivado por defeito. Criámos um novo botão Bluetooth que liga directamente à nossa wiki no sistema instalado.
  • A compressão está agora a ser aplicada aos ficheiros instalados para instalações btrfs —Em versões anteriores, a compressão só era aplicada a ficheiros pós-instalação

Novas características e correcções no sistema instalado:

  • FirewallD está activada — A instalação Apollo tem a FirewallD já instalada e activada após a instalação.
  • EOS-quickstart — Uma nova aplicação (início-rápido-EOS, em tradução livre) GUI criada por Dalto (que se juntou à nossa equipa de desenvolvimento central em Janeiro), que vos ajuda a escolher e instalar as aplicações mais comuns e úteis num novo sistema instalado. NOTA: a selecção de aplicações vem do Arch repo e não do AUR.
  • EOS-packagelist — Esta aplicação (lista-de-pacotes-EOS, em tradução livre) substitui o EndeavourOS-packages-lists e é uma forma fácil de aceder às listas de pacotes utilizados por cada parte do instalador em qualquer altura.
  • Nvidia-inst — Uma nova aplicação que é uma versão reescrita da nossa actual aplicação nvidia-installer-dkms. É uma ferramenta de linha de comandos que ajuda a instalar o controlador principal da Nvidia, e os controladores antigos (legacy) 470 e 390 (graças a Jonathon) e várias configurações híbridas, tais como Bumblebee e Prime. NOTA: Esta ferramenta ainda está em fase beta, pelo que os comentários dos utilizadores são apreciados. Por essa razão, o nosso nvidia-installer-dkms ainda está instalado e operacional, embora essa aplicação não instale controladores híbridos e controladores antigos.
  • Hook de Autorranking para EndeavourOS-mirrorlist — Detecta e implementa a classificação dos espelhos para o mais próximo quando ocorrem alterações na lista de espelhos do EndeavourOS, NÃO os espelhos do Arch.
  • Uma adição aos espelhos eos-rankmirrors — Recebeu a adição de opções -prefer e -ignore para preferir e ignorar certos espelhos da lista de espelhos do EndeavourOS-mirrorlist.
  • Correcção na mensagem de informação de Reiniciar após actualização para utilizadores do Refind — Foi feita uma correcção para mostrar a mensagem de reiniciar após uma actualização nuclear quando se usa o Refind.
  • Correcção do código Grub gerado — Anteriormente estava definido para funcionar com bash-only, agora também funciona com dash.

Worm, um Gerenciador de Janelas novinho em folha

Esta edição vem também com um novo Gerenciador de Janelas (Window Manager) desenvolvido pelo nosso membro da equipa de edições comunitárias Codic12, e estamos mais do que orgulhosos de vos apresentar este WM que foi desenvolvido um pouco sob a nossa alçada.

Codic12 decidiu desenvolver este WM para satisfazer a sua necessidade de um gerenciador de janelas leve que funcionasse bem com os modos flutuante e lado a lado (tiling ) e tivesse decorações de janelas com botões de minimizar, maximizar e fechar em qualquer esquema desejado, e que pudesse funcionar num sistema semi-integrado como o PIZero.

Worm está escrito em Nim e funciona em X11; uma versão Wayland não está na calha num futuro próximo, segundo o programador.

Implementa a maioria das partes importantes das especificações EWMH e ICCCM, por isso a maioria das aplicações deve correr muito bem, e se não correr por favor sintam-se à vontade para comunicar um bug, para que o programador possa tentar corrigi-lo.

Esperamos que gostem do lançamento da Apollo. Para descarregar a ISO basta visitar a nossa página de descarregamento

3 Likes